Dia Mundial dos Oceanos

O mar foi desde sempre considerado como um vazadouro natural e durante milénios os ciclos biológicos asseguravam em larga medida a absorção dos dejetos e a purificação das águas. Atualmente, devido à sociedade industrializada, chegamos a um estado de desequilíbrio do meio marinho pela influência de diversos fatores químicos, físicos e biológicos.
O oceano fornece-nos alimento e recursos naturais, utilizamo-lo para navegar e mais de metade da população mundial reside na zona costeira. E, por último, mas não menos importante, o oceano é uma fonte de lazer quando nadamos ou surfamos, quando passamos o dia na praia e quando viajamos em cruzeiros.
Porém, o oceano está fortemente ameaçado e uma das ameaças é a poluição provocada por resíduos de plástico.
Uma baleia deu à costa com o estômago cheio de resíduos de plástico, numa praia repleta de sacos de plástico e latas. Então, devemos unir esforços para combater esta situação, em conjunto!
“As minhas ações têm consequências, não apenas para mim e para o meu meio ambiente, mas também para outras pessoas, no presente e no futuro. Posso moldar o presente para que as gerações futuras também possam desfrutar de uma boa vida na Terra” – esta é a mensagem central que a Educação para o Desenvolvimento Sustentável procura transmitir e concretizar.
Neste sentido, foi proposto aos alunos do 2.ºCEB (5.º e 6.º anos) a concretização de um trabalho individual por forma a sensibilizar para as questões da sustentabilidade e de como podemos ser protetores do Oceano no nosso dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.